A Paixao de Cristo

Talvez o filme mais bem produzido sobre as últimas horas da vida de Jesus Cristo, o filme de Mel Gibson ofende a muitos com a clareza que expõe o sofrimento a qual Jesus foi submetido. Mas, será que Cristo sofreu mais castigos físicos do que qualquer um que já andou sobre a terra? Evidentemente, basta olharmos para as histórias comoventes dos mártires cristãos, de ontem e de hoje, e poremos isso em dúvida. Filósofos gregos foram executados cruelmente e chegaram até a impedir que chorassem por ele. Morreram calados e com coragem. Assim também o foram, conjecturo, muitos cristãos perseguidos pelas mãos de Roma, por exemplo. Mas, diz a Escritura que, antes de ser entregue aos sacerdotes judeus, Jesus chorou lagrimas de sangue no Getsemani. Seria o Filho de Deus medroso ou mais fraco que qualquer homem? Aquele que disse que bastava uma palavra e legiões de anjos viriam a seu dispor deveria temer os homens em que? Certamente, eu digo que precisamos saber o que Jesus temia. O que o fez chorar sangue!? Disso depende nossa compreensão do Evangelho. Jesus pediu ao Pai que afastasse dele um cálice, uma taça. Mas, o que havia neste copo? Eis a resposta, nas próprias Escrituras.

Desperta, desperta, levanta-te, ó Jerusalém, que bebeste da mão do SENHOR o cálice do seu FUROR; bebeste e sorveste os sedimentos do cálice do atordoamento.” (Isaias 51:17)

Porque assim me disse o SENHOR Deus de Israel: Toma da minha mão este copo do vinho do FUROR, e darás a beber dele a todas as nações, às quais eu te enviarei.” (Jeremias 25:15)

Porque na mão do SENHOR há um cálice cujo vinho é tinto; está cheio de mistura; e dá a beber dele; mas as escórias dele todos os ímpios da terra as sorverão e beberão.” (Salmo 75:8)

Como vemos, diz a Palavra de Deus que, em sua mão, Deus tem um cálice cheio de FUROR, palavra que significa IRA, RAIVA, SANTA INDIGNAÇÃO. E que dará de beber aos ímpios da terra, aqueles que pecaram contra sua santa Lei. Ainda poderíamos citar outros versos mostrando quão terrível é este cálice, cheio de misturas e lixo, como nos revelou o salmista.

O que Jesus temia? Essa foi nossa pergunta. Não, ele não temia sofrimento algum dos homens. Jesus temia algo muito pior. Jesus temia o que eu e você deveríamos temer! Ele temia aquilo de que hoje muitos zombam, negando sua existência. Jesus temia a IRA DE DEUS! O que ele estava para fazer era tomar voluntariamente o cálice da IRA do Deus Todo-Poderoso. Isso é uma figura de linguagem que descreve que Jesus estava para ser castigado, punido, atormentado pelas mãos do próprio Deus pelos pecados. E pecados de quem? Dele não eram, pois Cristo jamais pecou. Eram pecados dos homens. Imorais, indignos, imundos, violadores da lei. Dia após dia, eu e você pecamos milhares de vezes. Seja nas menores coisas, nos tornamos indignos da Santidade de Deus. Somos criminosos, violadores do seus mandamentos.

A resposta teológica mais digna que já ouvi a respeito do motivo pelo qual o pecado do homem merece punição ETERNA no fogo é exatamente que, embora na nossa mentalidade, um único pecado possa ser simples, não se trata do ofensor, e sim do ofendido. Diga mal a respeito de um rei em público e você provavelmente vai preso. Diga mal a respeito de um qualquer e nada acontecerá. A ofensa torna-se pior devido a magnitude do ofendido. Ai de nós, certamente, pois pecamos não contra um semelhante nosso, mas contra o ETERNO e SOBERANO, e INFINITO Deus.  Merecemos, portanto, punição infinita. Esta seria a única forma de saldar nosso débito com Deus, passando a eternidade no Inferno. Mas Deus é amor! E dizem as Escrituras, “Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” (Isaías 53:5). Sim, a Lei de Deus prevê a morte ao infrator, mas também prevê um resgate. Alguém puro e imaculado deveria sofrer a punição no lugar do homem. A Ira de Deus precisa ser satisfeita. Quem? Quem faria isso, senão o Filho do Homem, Jesus, Verdadeiro Deus e Verdadeiro Homem?  E ele bebeu o cálice. E ali na Cruz, realizou algo que NENHUM filme conseguirá mostrar. Eles sequer entendem isso. O maior cargo de Cristo foi na Cruz. Ali, sem ninguém ver, sejam seus discípulos, sua mãe, ou mesmo aqueles que dele zombavam impiamente. Nenhum deles viu a mão invisível que o afligia. Ali, em instantes, ele suportou o Deus Eterno em inimizade contra ele mesmo. Enquanto escrevo isso, busco palavras, pois as mesmas faltam. Não há nas línguas dos homens algo que possa descrever com perfeição esta cena. Deus ferindo a Seu Filho, derramando sobre Ele a Ira que eu você levaríamos a Eternidade para pagar, em apenas alguns momentos. Isso sim, foi o que o fez chorar sangue. E ele tomou o cálice. E ali na Cruz pagou total e finalmente pelos pecados do SEU povo. Dali em diante, embora possamos muitas vezes não entender, NÃO existe nenhuma dívida ou crime na ficha daqueles que creem em Jesus Cristo. Ela está limpa, nova, branca. Continuamos pecadores miseráveis, sim. A única coisa que diferencia um crente em Jesus de um incrédulo não é a ausência de pecado, mas sim, o sangue que foi posto sobre um e não sobre o outro. E quando Deus olha para este homem sujo de sangue, ele não vê pecado, pois sua ira fora satisfeita. Louvado seja o SENHOR, e a Seu Filho amado, pela Obra da Redenção!!!

Isso me lembra que eu devo dizer algo a três grupos de pessoas:

1) A você que crê em Jesus, por mais que te atormentem os seus pecados, legalmente você está livre. Legalmente não existe condenação sobre ti. Descanse na promessa da Redenção. Não digo descanse, como se dissesse “não busque viver em santidade” ou ainda “não se incomode com o seu pecado”, pelo contrário. A marca de um verdadeiro salvo é sua luta por perfeição, é sua guerra contra o pecado que habita em si mesmo. O que eu estou dizendo é que você deve entender que todos os seus pecados já foram perdoados na Cruz! E isso não pode ser tirado de você. As circunstancias, dores, os males, os anjos maus a serviço do Príncipe das Trevas, todos eles tem nenhum direito de te condenar ou de te tirar o perdão. Ele foi comprado por Cristo, e na autoridade e poder de Cristo é que lhe foram outorgados. Queira Satanás ou não, “ninguém intentará acusação contra os eleitos de Deus”.

2) A você que não crê, que vive como se não estivesse em oposição a Deus. Pare de desperdiçar sua vida. Acorde de sua cegueira, arrependa-se. E por que isto é tão importante? Pois todos os que não creem em Jesus não recebem os benefícios da Cruz. Se você não crê, isto é, se você ainda não se arrependeu, e tornou-se para Deus e Sua Lei, você está em oposição a Deus e sobre você está a IRA dele! Não espere até a porta da graça se fechar e você abrir os olhos na eternidade sem Cristo, sem estar sujo de sangue! Pois você enfrentara aquele cujos olhos são como chama de fogo! Terá que prestar contas diante do Juiz de toda a Terra! E, sem Cristo, será indesculpável, restando para você o fogo eterno do inferno!

3) A você que é um homem ou mulher religioso, vai a igreja, vive externamente como cristão; já foi batizado, participa da Ceia do Senhor, enfim. Para você mesmo, e talvez aos que estão ao seu redor, você seja um cristão. Mas você pode estar enganado. Eu não ousaria deixa este grupo de pessoas passar. Isso por que eu creio que ele seja um dos mais numerosos. No Brasil estamos vendo um crescimento estrondoso da religião evangélica, entretanto, devo afirmar que não está aumentando o número de pessoas realmente nascidas de novo. Pelo contrário, elas são raras! Permita ofendê-lo por um momento, você que é evangélico hoje no Brasil, mas por amor a Deus preciso faze-lo. A Lei e ao testemunho! Deixe-me dizer como fazem convertidos no Brasil hoje: – convida-se a pessoa a ir em alguma igreja com a desculpa de que Jesus pode mudar sua vida terrena. A pessoa, quando vai, o faz na expectativa de uma melhora de vida material. Seja um marido ruim, um emprego ruim, problemas financeiros, emocionais, na família, enfim, toda sorte de males desta vida. “Vem pra Jesus e sua vida vai mudar!” “Vem pra Jesus, e você que está desempregado conseguirá um emprego.” “Vem pra Jesus, e você será bem sucedido.” “Você nasceu pra vencer e Deus quer te prosperar.” “Aceite Jesus e veja sua vida transformada.” Todas estas frases fazem parte deste tipo de atitude e tentativas de conversão fantasiosas. – a Igreja colabora com este sistema ímpio e mundano dizendo ao pecador que se ele “adquirir”, sim, ADQUIRIR a Jesus, então ele dará solução aos seus problemas. Em raríssimas exceções, ou quase nenhuma, em muitos casos, a pessoa é levada a crer que ela tem um problema maior do que os que ela pensa que tem, a saber, que ela está em oposição e rebelião contra Deus. Pelo contrário, a Igreja MENTE a ela, sempre dizendo que Deus está do lado dela, e quer abençoá-la; basta ela conformar-se com duas ou três regras de conduta “evangélicas”, ir à igreja com certa frequência e pronto. E não digam-me que não é assim por que é exatamente isso que acontece. Conscientes disso ou não, nos ESQUECEMOS o que é conversão, arrependimento e salvação. Mas ainda tem mais – depois disso, a pessoa vai a Igreja, ouve a mesma pregação centrada não em Cristo, sua Soberania e o problema do pecado, a convocação geral de Cristo para indivíduos e nações submeterem-se a Sua Lei, mas nas suas necessidades terrenas. No fim, ela é convidada a fazer uma oração induzida, a famigerada e terrível “oração do pecador”. É convidada a dar uma chance pra Jesus mudar a sua vida (!!!!). E, se ela fez a oração pela primeira vez, é convidada a ir a frente. Senão, está apenas afastada. Basta fazer de novo e voltar pra Ele. Para os evangélicos de hoje, este é o rito de passagem. Por um passe de mágica, a pessoa agora é declarada crente, convertida! Que loucura! Não existe heresias tão terrível quanto essa! – uma vez “salva” a pessoa é, então, batizada, sem qualquer entendimento do que é ser um convertido, apenas crendo e esperando que Jesus mudará sua vida… aqui na terra e que, por algum motivo, por estar na Igreja, ela um dia irá para o céu. E assim tem sido, semana após semana; legiões de novos crentes se formam assim. Avalie hoje, você que lê este texto, se você não é um deles. A santidade na vida crista é algo sério? O padrão de exigência para ser cristão é seríssimo! Você precisa odiar o estilo de vida do mundo. Ser cristão não é apenas não beber, fumar, matar ou roubar. Não! Olhe pare si e veja quão ímpios são seus pensamentos! Veja quantos mandamentos você transgrede numa só conversa informal, num só programa de TV que assiste, em um rápido pensamento que passa pela sua mente! Essa geração de crentes de hoje sequer sabe disso. Sequer entendem a seriedade disso! Vivem como se esses pecados, quando o são reconhecidos como tal, fossem nada! E isso por que? Por que eles foram levados a crer que são nascidos de novo quando NÃO são! Deus, será difícil perceber isso? Se os evangélicos no Brasil hoje são mais de 20% por que não mudamos este país? Se com 120 pessoas cheias do Espirito Santo o mundo foi abalado na época dos apóstolos, por que nós hoje com milhões não conseguimos fazer isso? Ficou, por acaso, o Espirito Santo mais fraco? Ou seria o poder dos poderes, o qual ressuscitou Jesus dos mortos, não tão grandioso como outrora? Não. A resposta é que há poucos, pouquíssimos que realmente entendem, compreendem, que realmente foram lavados com o Sangue do Cordeiro. Isto precisa ser dito. E o foi. Oro a Deus para que você entenda, e não tenha vergonha de se arrepender e se precisar, assumir que mesmo depois de anos de igreja, até de ministério, você jamais foi convertido.  Eh melhor nos humilharmos agora, do que enfrentar a Ira do porvir!

Paz!

Anúncios

Sobre Matheus Henrique

Crente em Jesus Cristo!
Esse post foi publicado em Estudos Bíblicos, Sermões e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s