Felicidade

e o que confia no SENHOR, esse é feliz.(Provérbios 16:20 – ARA)

Felicidade é um assunto recorrente em nossos dias. Em uma sociedade tão perversa, tão sem amor e com tantas mazelas, não é de espantar que os homens perguntem-se com frequência “o que fazer para ser feliz?”. De fato, esta é uma pergunta justa, afinal, infelicidade, tristeza, choro, amargura, depressão e tragédias são situações e sentimentos que não existirão na glória eterna guardada para os filhos de Deus. Por isso, podemos afirmar que Deus prefere a felicidade, e que o céu é o lugar mais feliz que o homem poderá encontrar.

Conquanto Deus providenciou felicidade eterna para seus filhos na glória, isso ainda não responde a pergunta feita no começo: como o homem pode ser feliz neste mundo caído, vil e mal, onde reina o pecado e a iniquidade? Como ter felicidade em meio à violência? Como ser feliz em meio à tantas tragédias, mortes, doenças, guerras e rumores de guerra? Graças a Jesus Cristo, nosso Deus, pois nos foi providenciado um meio para, em meio a todo este mal, sermos felizes!

O homem tem um vazio dentro de si. Nossa infelicidade, creio eu, deve-se tanto à ausência de Deus quanto à presença do pecado reinante em nós. Sendo assim, posso, sem titubeios, afirmar que o homem sem Deus não conhecerá a felicidade verdadeira. O máximo que ele terá será um pequeno vislumbre do que é felicidade, comumente manchado pela mancha da avareza, que atribuirá ao dinheiro e ao bem-estar material a causa da felicidade. Pobre alma essa. Logo descobrirá, na eternidade, quão vil felicidade ela desfrutou neste mundo.

A felicidade verdadeira é viver na terra uma parte da glória celestial. No céu não haverá pecado. Não haverá tristeza. Não haverá diabo nem forças malignas. O imundo não entrará no céu. Lá abundará a presença de Deus. Teremos comunhão com Ele face a face. Viver feliz neste mundo é aguardar ansiosamente a manifestação desta verdadeira promessa. É olhar para si e sentir dor pela presença do pecado em sua vida, mas saber que há um Advogado fiel a seu favor, e Ele, por seu sangue, nos perdoa de toda iniquidade.

Faz parte da felicidade verdadeira o contentamento humilde. A gratidão pelo que temos, pois sabemos que tudo vem de Deus, e que se temos algo foi por sua graça que o obtivemos. Felicidade verdadeira possui dependência. Podemos fazer muitos planos, mas se não dermos lugar à vontade divina em nossas vidas, tome por certo de que pereceremos no mar das frustrações e consequente infelicidade.

De tudo o que foi exposto, eu pergunto novamente: qual a chave disso tudo? Como alcançar estes atributos que juntos podem ser chamados de “felicidade”? Olhemos então para as Sagradas Escrituras! O que elas dizem? Qual a chave fornecida? Qual o princípio áureo que rege a felicidade e que é encontrado em todos os homens que real e verdadeiramente foram e são felizes? Provérbios nos dá a resposta: confiar no SENHOR. Esta pequena palavra expressa com clareza o cerne da vida de todo santo homem ou mulher de Deus, de todo crente em Jesus: confiança. Por isso diz a Escritura a respeito do Salvador, Jesus, e daqueles que nEle confiam “Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; E quem nela crer não será confundido(1 Pedro 2:6 – ARC). Que verdade preciosa! O convite central de toda Escritura é este: confia em Deus! Dependa de Deus! Espere em Deus! Se assim você o fizer, o pecado, as tristezas, as necessidades e sofrimentos desta vida, tudo isso – que por certo você e eu iremos enfrentar – não terá domínio sobre nós! Quer saber o que honra a Deus? Não é a sua prosperidade material. Não é seu carro novo, sua bela casa ou seu gordo salário. Não! Quem assim pensa não entendeu nada do evangelho! O que honra ao Senhor é o cristão poder dizer, numa hora de muito sofrimento ou de uma grande perda: “Deus é bom. Ele é fiel. Mesmo em meio a essa situação eu vou confiar em sua Soberana direção!” Isso, meu amado, honra o nome do Senhor. Busque essa felicidade, pois eu afirmo que ela é sem dúvida uma evidência da vida eterna. Se você não a tem, não se iluda mais. Não espere a té ver com seus olhos o destino inegável e triste de sua alma. Ó pecador, agarre-se hoje a Cristo e viva em novidade de vida!

Anúncios

Sobre Matheus Henrique

Crente em Jesus Cristo!
Esse post foi publicado em Devocional, Sermões e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Felicidade

  1. Sâmara disse:

    Amém! Que alegria maravilhosa é poder olhar a vida e ter a certeza que o Senhor cuida de nós
    =)
    Deus seja contigo!

  2. reginaldo disse:

    O mais importante e saber que temos plena felicidade ao confiar somente em Deus e não nas promessas feitas por homem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s