Só é Possível pela Maravilhosa Cruz

O evangelho só é possível através do amor extremado e constrangedor do Pai e de Jesus, nosso Deus¹! Quando olhamos para Cruz percebemos que, apenas como humanos, somos incapazes de verdadeiramente amar. Mas, através da mesma Cruz, ao passarmos por ela, ao sermos mortos e ressuscitados com Cristo² , nos é concedido tão grande e singular privilégio. É na Cruz que se denota toda nossa fragilidade e limitações, através dela deslumbramos, usufruímos e compartilhamos o verdadeiro amor, que pela graça de Jesus foi derramado sobre nós, os cristãos.

1. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.  (1 Coríntios 13:13)

2. De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. (Romanos 6:4)

O próprio Deus é amor³, e somente é possível viver este de fato se conhecermos esse: quem O é. Amar não é “simplesmente” ter uma leve afeição, paixão, simpatização, atração, ou algo do tipo. Amar é conhecer a essência de Deus, se derramar nela e vivê-la. Amar não é apenas verbalizar, mas também é expor de modo natural o que há no coração. Amar é ter uma entranhada afeição pelo nosso Deus, e posteriormente, como consequência, pelo nosso próximo⁵, de modo que o foco não seja voltado para si próprio, mas sim de maneira que busque, em primeiro lugar, a glorificação de Deus e o bem do nosso semelhante, sendo altruístas se necessário for, indo ao ponto de nos sacrificar por quem amamos⁶, desde que seja para glorificação do SENHOR⁷.

3. E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele. (1 João 4:16)

4. Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade. (1 João 3:18)

5. Porque Deus me é testemunha das saudades que de todos vós tenho, em entranhável afeição de Jesus Cristo. (Filipenses 1:8) Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. (Marcos 12:30-31)

6. Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. 
(João 15:13) Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos. (1 João 3:16)

7. Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus. (1 Coríntios 10:31)

Amar a Deus é amar ao próximo⁸, não fazendo acepções⁹, nem muito menos agindo com apatia, contudo sabendo, e tratando, o quão especial é cada um¹⁰. Jesus não morreu na Cruz por um grupo de pessoas consideradas “genéricas”; morreu por mim, especialmente por mim, como eu o sou, assim como por você, como você o é, de modo peculiar… por cada um de modo especial. Em profundo amor, Ele se entregou por cada um em particular , e juntos formando assim um único corpo¹¹.

8. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? (1 João 4:20)

9. Meus irmãos, não tenhais a fé de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas.  (Tiago 2:1)

10. Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. (Salmos 139:14)

11. Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros. (Romanos 12:5)

Amar é, mesmo em meio a dor¹², ter a alegria ao ver quem é amado ser beneficiado¹³. Assim como Jesus em meio a toda dor¹⁴ (não somente física¹⁵) se entregou por nós, para justificação dos nossos abobináveis pecados, para que nEle pudéssemos ser reconciliados com Deus¹⁶, para que vivessemos para Sua glória; com profundo amor e alegria, mesmo em meio a tristeza, se entregou por nós quando ainda éramos pecadores¹⁷, pois essa era vontade do Pai¹⁴-¹⁸ que nos Ama, Ele ama o Pai, Ele nos ama¹⁹.

12. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (1 Coríntios 13:7)

13. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; (1 Coríntios 13:5)

14. Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua. (Lucas 22:42)

15. Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus. (2 Coríntios 5:21)

16. Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. (2 Coríntios 5:19)

17. Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. (Romanos 5:8)

18. Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do SENHOR prosperará na sua mão. (Isaías 53:10)

19. Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor. (João 15:9) Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim. (João 17:23)

É impossível alguém desfrutar de tão grande prova de amor e ainda assim ficar insensível com a mensagem da Cruz, com o Evangelho. Quem conhece o amor é liberto pelo amor²⁰ para viver em amor, para com Deus e para com todos²¹.

20. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (João 8:32) 

21. Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. (Romanos 12:10)

O amor não se baseia em nenhum tipo de condição, pelo contrário, quem o tem está disposto a se anular¹³ para glorificação de Deus e do seu próximo²¹.

Ratifico que não amamos por mérito nosso, mas sim pela dádiva que Deus nos concedeu²², amar é um privilégio que foi concedido a quem é nova criatura²³, pois vivemos a Sua vida em nós e através dessa temos Sua essência inundando todo nosso ser, nos possibilitando a o que antes era inescrutável, amar²⁴.

22. Nós o amamos porque ele nos amou primeiro. (1 João 4:19)

23. Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. (2 Coríntios 5:17)

24.Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação. (Tiago 1:17)

O verdadeiro amor não é este que o mundo conhece, o verdadeiro não se limita em barreiras, todavia transcede-as sejam quais for¹²-²⁵.

25. No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor. (1 João 4:18)

Quão maravilhado fico ao observar a Cruz, nela vivenciamos o quê de maior existe e que antes era impossível de termos, através dela revivemos. O que nos trazia a morte – a saber o pecado²⁶ – já não mais nos domina²⁷, a graça superabundou em nossas vidas e através dela somos perdoados e justificados²⁸. Temos uma nova vida, e esta em Cristo Jesus²⁹.

26. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. (Tiago 1:15) Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. (Romanos 6:23)

27. Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele? (Romanos 6:1-2)

28. Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça; Para que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor. (Romanos 5:20-21)

29. Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor. (Romanos 6:11)

Mesmo em meio às aflições desta vida terrena temos o alívio e a suficiência em Jesus³⁰. Viva esta suficiência que Cristo dá³¹! Pois sabemos que a nossa vida não se restringe a este plano que denominamos ser vida³², está muito além disso; Jesus disse: “Eu sou o caminho a verdade e a vida” (João 14:6). É através da maravilhosa Cruz que podemos Viver tudo isso. Uma verdadeira vida, que vai adiante de toda e qualquer aflição³³. Ao olharmos Jesus³⁴ na Cruz vemos nossas imundicies sendo pagas³⁵ por Aquele que era e é perfeito³⁶.

30. Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação; Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus. (2 Coríntios 1:3-4)

31. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. (2 Coríntios 12:9)

32. Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. (2 Coríntios 5:1)

33. O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. (João 10:10)

34. Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro. (Isaías 45:22) Eu e o Pai somos um. (João 10:30)

35. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados (Isaías 53:5)

36. Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre. (Hebreus 7:28)

“Ah meu Jesus como posso retribuir tão grande dádiva? É impossível! A Ti entrego minha vida, que já é Tua pela Cruz; um vaso, que por si só, sem valor algum. Entrego-me por completo a Ti e peço que a cada dia eu venha viver de forma completa Tua vida em mim. Obrigado Jesus por tudo que fizeste na dolorosa, e maravilhosa, Cruz.”

Se isso não for amor – Mariana Valadão

DECLAMAÇÃO:

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna. Esta é a realidade maior do amor de Deus. Ele Prova o Seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós sendo nós ainda pecadores. Nós, os seres humanos, conhecemos o amor apenas através de condições, amamos quando… amamos se… amamos porque… mas o amor de Deus é esse amor incondicional, Ele não nos ama por causa de nossos valores ou méritos, Ele escolheu nos amar. É esta a realidade do amor do Senhor e só podemos conhecer toda extensão desse amor, toda profundidade, toda largura, toda altura, somente quando olhamos para a cruz, ao conteplarmos o cálvario, ao vermos ali a realidade do amor de Deus sendo encarnado, se dando, se oferecendo para que pudéssemos ter a vida eterna. Só a cruz, somente ela e somente através do sangue que foi derramado alí e que podemos experimentar toda realidade do amor de Deus. Ele escolheu nos amar, Ele escolheu nos amar, Ele escolheu nos amar de tal maneira que deu o seu Filho. Isto é que é o verdadeiro e eterno amor.

MÚSICA:
Se isso não for amor
O oceano secou
Não há estrelas no céu
As andorinhas não voam mais
Se isso não for amor
O céu não é real
Tudo perde o valor
Se isso não for amor

The Wonderful Cross – Chris Tomlin
Tradução:

A maravilhosa Cruz
Quando eu procuro a maravilhosa cruz
Em que o Príncipe de Glória morreu
Minha maior riqueza não tem valor
E desprezo todo o meu orgulho

Ver a sua cabeça, as suas mãos, os seus pés
Tristeza e fluxo de amor derramado
Nunca houve tal amor e tristeza
Ou espinhos de tão rica coroa

Oh a maravilhosa cruz, Oh a maravilhosa cruz
Me envolve e faz morrer e acho que verdadeiramente posso viver
Oh a maravilhosa cruz, Oh a maravilhosa cruz
Todo que tenho é por graça e pela benção do Seu nome

Estavam o reino inteiro da minha natureza
O que tinha era pouco para oferecer
Amor tão incrível, tão divino
Toma minha alma, minha vida, meu tudo

Anúncios
Esse post foi publicado em Devocional, Poesias, Testemunhos e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Só é Possível pela Maravilhosa Cruz

  1. Sâmara disse:

    Oiiii! Puxa, ficou 100% melhor com os versículos! Super prático e maravilhoso!
    =D
    Deus seja contigo Alexsander!

  2. Alexsander Melo disse:

    Oi Sâmara, ficou legal mesmo, mas quem fez esta mudança foi o Ygor. Então, graças ao SENHOR, ao Ygor e a você (que o sugeriu) ficou assim! Deus também seja contigo 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s