Pare de Sofrer?

Boa noite irmãos, Graça e Paz! Para melhor proveito da leitura deste post recomendo que antes façam a leitura do livro de 2 Timóteo.

Muitos de nós, cristãos, temos a falsa impressão de que o Evangelho de Cristo traz a promessa “pare de sofrer”. De fato, quando Cristo voltar, os fiéis irão para glória, onde não haverá sofrimento e toda lágrima será enxugada. (Isaías 25.8; Apocalipse 21.4). Porém aqui na terra a vida cristã verdadeira não é desta forma.

“Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação. Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes, participa das aflições do evangelho, segundo o poder de Deus, que nos salvou e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio proposito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos dos séculos, e que é manifesta, agora, pela aparição de nosso Salvador Jesus Cristo, o qual aboliu a morte e trouxe luz à vida e a incorrupção, pelo evangelho, para o que fui constituído pregador, e apóstolo, e doutor dos gentios; por cuja causa padeço, também isto, mas não me envergonho, porque eu sei em quem tenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele Dia.” (2 Timóteo 1.7-12)

Certo é que grandes Apóstolos do Evangelho, como Paulo, sofreram. Porém, assim como Paulo exorta Timóteo a que participe das aflições do evangelho, assim nós também somos exortados a participar. Ora, Cristo morreu por nós de forma contundente para abolir a morte e trazer luz à vida e a incorrupção. Com isso nos salvou da morte eterna e nos concedeu uma santa vocação de ser luz e sal(Mateus 5:13-16). Porém, para isso é necessário estar disposto a pagar o preço: o sofrimento. Para enfrentar tamanha aflição na terra Deus nos concedeu espirito de fortaleza, não de temor. Se não estivermos firmes no dia da angustia seremos cristãos fracos! (Provérbios 24.10). Nenhum de nós pode alegar não estar apto para resistir ao sofrimento, pois temos recebido de Deus este espírito de fortaleza. Isto se o quisermos, é claro. Porém podemos descansar em Deus diante destas aflições, pois aquEle que nos salvou também é fiel para guardar nosso bom depósito até ao glorioso Dia de Sua vinda!

Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros. Sofre, pois, comigo, as afliçoes, como bom soldado de Jesus Cristo” (2 Timóteo 2:1-3)

Aquele que verdadeiramente é soldado de Cristo busca se fortificar na Real Graça para ser capacitado por Deus a sofre as aflições da vida cristã e de proclamar a salvação aos perdidos.

Lembra-te de que Jesus Cristo, que é da descendência de Davi, ressuscitou dos mortos, segundo o meu evangelho; pelo que sofro trabalhos, e até prisões, como um malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa. Portanto, tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus com glória eterna. Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos; se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;” (2 Timóteo 2.8-12)

Cabe a nós, assim como Paulo, sofrer por amor da Palavra de Deus e dos escolhidos. Trazer liberdade à palavra, proclamar a salvação ao perdidos e acudir os escolhidos, inevitavelmente, gera sofrimento. Porém, a semente plantada com fé e sofrimento, em bom solo, resiste à ventos e tempestades. Por fim, esta tribulação da carne traz um peso de glória mui excelente! (2 Coríntios 4:16-18). Se com Cristo militamos, em dores, o bom combate do evangelho, ao lado dEle reinaremos!

E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor.” (2 Timóteo 2.24)

Notou que as qualidades de um cristão, como homem longe de contendas, manso e apto para ensinar, são complementadas com a qualidade de sofredor? Qualquer que, verdadeiramente, buscar se enquadrar em tais ideais se tornará um sofredor. Isto porque seremos incompreendidos pelo mundo. (João 1.5) Num mundo onde você é incompreendido acontecerão duas coisas: ou você será ignorado, ou será perseguido. Ambas geram sofrimento.

quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou. E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições.” (2 Timóteo 3.11b-12)

Queres viver absolutamente em Jesus Cristo? Certamente será perseguido. Porém, assim como a Paulo, esteja certo de que Deus tomará posse de toda complicação e, por fim, te livrará. Se você não encontra perseguição ou resistência alguma do mundo quanto à sua vida cristã, cuidado, tem algo de muito errado nela!

Por fim, há ainda um outro tipo de sofrimento, que não o gerado pela perseguição, indiferença, auxílio aos irmãos e pregação da Palavra:

E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.” (Lucas 9:23)

Se sua caminhada cristã é fácil, tem algo de muito errado nela! A decisão de seguir a Cristo implica em carregar o fardo do evangelho a cada dia(explicado anteriormente) e de negar-se a si mesmo. Todo cristão verdadeiro vive em pé de guerra com o velho homem, precisando, a cada momento, mortificar a carne inclinada para o pecado. Esta guerra diária, sem dúvidas, traz sofrimento e agonia mais do que todas as outras, pois ocorre dentro de você! Tende bom ânimo na aflição, pois Cristo é contigo todos os dias, até o fim! (Mateus 28.20b)

Este post é um exemplo desta graça, pois o Senhor me inspirou a escrever estas palavras à partir de uma aflição, que vivi hoje ao lado de minha amada Sâmara. Creio fielmente que através deste sofrimento, tanto minha vida, quanto a da minha amada, quanto a sua vida serão ricamente edificadas.

Decida viver esta vida de evangelho verdadeiro, tomando diariamente a sua cruz(suas tribulações) e negando-se a si mesmo. Tomando sinceramente esta decisão, você terminará sua vida como Paulo:

Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor,  justo juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.” (2 Timóteo 4.7-8)

A graça do Senhor Jesus Cristo seja com todos os seus filhos. Amém!

Anúncios

Sobre Ygor Canalli

Servo de Jesus Cristo
Esse post foi publicado em Sermões, Testemunhos e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s